manif-por-mun-lento3

R$25,00

Manifesto por um mundo mais lento

SKU: LI-002

Se puder, em lugar seguro enterre uma cópia desse livro dentro de um jarro de barro, ou em outro tipo de cápsula do tempo.

Manifesto por um mundo mais lento é um testemunho valioso sobre nosso tempo, sobre a realidade cotidiana de nosso mundo, sobre o que se passa na nossa política e sociedade e sobre o que se passa na cabeça e no coração de um homem de nosso tempo.

77 em estoque (também disponível para encomenda)

Descrição do produto

manif-por-mun-lento3Manifesto por um mundo mais lento
Pequenos ensaios, poemas, e cartas de amor, por um adulto sem emprego nem diploma.
Pedro Rios Leão
1ª edição

O livro de Pedro e os escritos sagrados
por Leandro Cruz*

Se puder, em lugar seguro enterre uma cópia desse livro dentro de um jarro de barro, ou em outro tipo de cápsula do tempo. É o que os cristãos gnósticos fizeram com a Biblioteca de Nag Hammadi no século IV e os essênios fizeram com os Manuscritos do Mar Morto no século I, assim preservaram sua história do fogo romano. Caso você enterre um versão im- pressa dessa coletânea de Pedro Rios Leão, os historiadores do futuro (se houverem) lhe serão muito gratos por ajudar a legar essa outra perspectiva de nosso tempo, uma vez que as fontes digitais serão apagadas e a maior parte das fontes impressas estão deixando testemunhos históricos falsos apenas com o discurso das classes dominantes. No Brasil é um tempo de tortura, desaparecimentos e presos políticos; tempo de pobres sendo expulsos de suas casas pelo Estado com violência só comparável ao que os israelenses comentem contra os palestinos, ou o que os romanos cometiam com os israelitas há dois mil anos.

Manifesto por um mundo mais lento é um testemunho valioso sobre nosso tempo, sobre a realidade cotidiana de nosso mundo, sobre o que se passa na nossa política e sociedade e sobre o que se passa na cabeça e no coração de um homem de nosso tempo. Mas o livro de Pedro, além de ser um livro de nosso tempo, é também um livro sobre questões eternas. Antes de ser um homem de nosso tempo, Pedro Rios Leão é um homem. E continuar a ser um homem, continuar a ser humano, é algo verdadeiramente subversivo nos tempos de Pedro. Por isso, as tão pessoais cartas de amor que compõem a terceira parte do livro são tão importantes e “políticas” quanto os ensaios políticos e poesias engajadas. Esses e-mails e cartas apaixonadas podem ser comparadas nalgum grau aos Cânticos de Salomão, os poemas cheios de paixão e erotismo que, por serem tão sublimes (e divinos) nos séculos seguintes nem os editores mais caretas do Cânon ousaram retirá-los da lista das escrituras sagradas, junto com a Lei, as profecias, os salmos, a sabedoria e a história sagrada.

Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review “Manifesto por um mundo mais lento”